Artur Valadares escolheu o capítulo 2 do “Boa Nova” para conversar com os participantes do 3º VIRaSER. “Jesus e o precursor” trata da relação do Mestre com o primo João Batista. E o expositor oferece algumas reflexões sobre esse enviado do Cristo para abrir os caminhos para ele.
Afinal, o que significou essa missão? A figura um tanto exótica, segundo a descrição evangélica, guarda qual simbologia? João, o maior dentre os “nascidos de mulher”, é um personagem ainda misterioso.
A verdade que antecede o amor traduz em parte o caráter apostólico do precursor. Duro, severo, amargo, a voz que clama no deserto é dolorosa. Mas não é assim toda a luz verdadeira que irrompe as retinas de quem não enxergava?
Essa é a abordagem de Artur em termos gerais. Ele ressalta no Batista o papel de portador do que é essencial na vida. As facilidades do mundo, bens circunstanciais, são os espinhos que impedem o desenvolvimento da semente do Evangelho no coração humano. Esse espinheiro o enviado veio arrancar pela raiz.
O 3º VIRaSER foi realizado em Belo Horizonte em setembro de 2019. Essa edição do encontro dos amigos do SER dedicou-se à obra de Humberto de Campos, psicografado por Chico Xavier.

Continuar lendo

Comentários

Mais Episódios