Assistindo

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 31

Instruções Psicofônicas
00:05:52

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 32

Instruções Psicofônicas
00:11:42

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 33

Instruções Psicofônicas
00:13:32

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 34

Instruções Psicofônicas
00:04:02

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 35

Instruções Psicofônicas
00:10:53

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 36

Instruções Psicofônicas
00:21:21

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 37

Instruções Psicofônicas
00:08:35

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 38

Instruções Psicofônicas
00:16:29

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 39

Instruções Psicofônicas
00:04:57

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 40

Instruções Psicofônicas
00:10:04

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 41

Instruções Psicofônicas
00:05:03

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 01

Instruções Psicofônicas
00:12:41

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 02

Instruções Psicofônicas
00:22:33

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 03

Instruções Psicofônicas
00:25:45

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 04

Instruções Psicofônicas
00:06:09

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 05

Instruções Psicofônicas
00:09:17

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 06

Instruções Psicofônicas
00:06:29

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 07

Instruções Psicofônicas
00:08:25

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 08

Instruções Psicofônicas
00:11:08

PODSER #021 – INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS

PodSER
02:47:41

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 09

Instruções Psicofônicas
00:08:47

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 10

Instruções Psicofônicas
00:11:42

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 11

Instruções Psicofônicas
00:07:28

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 12

Instruções Psicofônicas
00:09:37

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 13

Instruções Psicofônicas
00:11:10

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 14

Instruções Psicofônicas
00:17:45

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 15

Instruções Psicofônicas
00:09:05

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 16

Instruções Psicofônicas
00:07:34

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 17

Instruções Psicofônicas
00:06:55

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 18

Instruções Psicofônicas
00:06:09

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 19

Instruções Psicofônicas
00:10:58

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 20

Instruções Psicofônicas
00:06:55

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 21

Instruções Psicofônicas
00:05:31

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 22

Instruções Psicofônicas
00:11:25

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 23

Instruções Psicofônicas
00:15:03

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 24

Instruções Psicofônicas
00:20:13

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 25

Instruções Psicofônicas
00:09:56

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 26

Instruções Psicofônicas
00:04:31

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 27

Instruções Psicofônicas
00:09:50

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 28

Instruções Psicofônicas
00:08:13

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 29

Instruções Psicofônicas
00:10:26

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 30

Instruções Psicofônicas
00:08:01

A poesia também está em “Instruções Psicofônicas“, série da Versátil Vídeo Spirite. Tão presente quanto na extensa obra psicográfica de Chico Xavier. Pela mão do médium nasceram dezenas de compilações poéticas, adultas e infantis, de um autor ou diversos.

E o escritor mais frequente nesses livros foi Augusto dos Anjos. Apenas em “Parnaso de Além-túmulo”, publicação de estreia de Chico, o poeta paraibano colaborou com mais de 30 textos.

É dele a mensagem neste vídeo. Arnaldo Rocha era um dos dirigentes daquela equipe mediúnica do Grupo Meimei, em Pedro Leopoldo. E relata a boa surpresa que foi a manifestação do autor. Isso se deu em 3 de novembro de 1955. Augusto trouxe um poema sobre os finados.

A morte é um tema recorrente de sua produção literária enquanto encarnado. A inspiração lúgubre e soturna, carregada de pessimismo, constitui uma marca. E, após romper a prisão da matéria, ele seguiu com a temática.

A primeira parte da poesia, de tom sombrio, reforça a identidade de Augusto. Assim como a linguagem apurada e a rigidez métrica dos versos decassílabos. Mas o fechamento traz a visão nova de quem testemunha a imortalidade.

Augusto dos Anjos, poeta mais frequente da obra de Chico Xavier, recita novos versos sobre um tema recorrente. Em “Instruções Psicofônicas”, a morte e o além.

Continuar lendo

Comentários

Acompanhar estes Comentários
Notificar-me de
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Mais Episódios

0
Participe da nossa comunidade! deixe seu comentário.x
()
x