Este seminário apresentou “Um novo olhar sobre ‘O Problema do ser, do destino e da dor’”. Ele foi realizado em novembro de 2019 pela Associação Médico-Espírita de Minas Gerais (Amemg). A obra em painel revisita e rende homenagem, um século depois, ao clássico de Léon Denis. O pensador e escritor francês lançou-a em 1905. Contudo, a edição brasileira é de 1919.

Marcus Vinícius Loures, um dos organizadores, descreve o trabalho. Ele conta como foi intuído para a realização. Foram sete anos de esforço, contatos, escritas, angústias e a realização. “Este livro na mão de vocês, um dia, foi só uma ideia em uma cabeça”. Assim exalta o expositor sobre a ação da vontade, tema caro a Denis.

A coletânea reúne artigos de 27 autores. Cada um analisou um capítulo da obra original. E escreveu sobre o mesmo assunto, considerando a evolução da ciência e do conhecimento espírita em 100 anos. Loures aponta a incrível unidade que o livro tributo assumiu. Apesar de mal se conhecerem, os colaboradores promoveram um resultado coeso.

Tal fato demonstra o protagonismo da espiritualidade na condução do projeto. Atesta essa convicção a psicografia recente do “apóstolo do Espiritismo” exposta ao fim da exposição.

Continuar lendo

Mais Episódios