HOMOSSEXUALIDADE E ESPIRITISMO

Marlon Reikdal propõe uma perspectiva espírita ampla e atualizada para ler a homossexualidade. Ele justifica por que é um erro considerar a orientação distúrbio de personalidade ou mesmo expiação espiritual. A espeito do tema, o expositor faz defesa contundente da necessidade de se estudar a Doutrina.

Sua palestra foi realizada no seminário “Sexualidade: diversidade sexual e imortalidade da alma”. O encontro, promovido pela Associação Médico-Espírita de Minas Gerais (Amemg), ocorreu em julho.

O psicanalista cita a descrição da Terra feita por Allan Kardec. Nosso planeta pode ser tomado como hospital, escola ou terreno ruim, em metáfora agrícola. Logo, quase todos temos débitos a resgatar na atual encarnação. E o elemento sexual é uma razão-chave desse processo.

Logo, os desafios ao homossexual no campo da reeducação sexual são os mesmos propostos a qualquer um. E Marlon expõe seus argumentos amparado em vasta literatura. Emmanuel, Joanna de Ângelis, Manoel Philomeno de Miranda e outros autores ressaltam a meta do aprimoramento das relações pelo amor e pela afetividade.

Continuar lendo

Mais Episódios