Vídeo para assinantes - Assinar

A PSICOLOGIA ESPÍRITA DE JOANNA DE ÂNGELIS – PARTE 03

A psicologia de Joanna de Ângelis tem muitos pontos em comum com a de Carl Gustav Jung. O foco desta terceira parte é uma dessas correlações: individuação, o que não deve ser confundido com individualismo. O curso com Gelson Luís Roberto foi promovido pela Associação Médico-Espírita de Minas Gerais (Amemg) em janeiro.

O psicanalista gaúcho relata que, para Jung e Joanna, individuação é o processo de consolidação, revelação e realização de si-mesmo (self), a nossa essência original. Esse movimento de autoconhecimento libertador requer diferenciação da dimensão coletiva. Contudo, a unificação do ser como indivíduo passa por vivências de renúncia e abnegação que se sobrepõem aos impulsos do ego.

Em ambas as teorias, o conceito de individuação é coerente à visão teleológica da psicologia, ou seja, de que a existência tem sentido. O que diferencia a contribuição de Joanna da de Jung nesse aspecto é a progressão imortalista. Para a mentora, a evolução gradual ao longo das encarnações tem como fim a perfeição. E a meta é Jesus.

Continuar lendo

Mais Episódios