Assistindo

ROSSANDRO KLINJEY ENVIA UM RECADO AMOROSO AO MOVIMENTO ESPÍRITA

Reação Responde
0:02:17

COMO AGIR DIANTE DE UMA DOENÇA TERMINAL?

Reação Responde
0:03:24

O QUE FAZER SE ESTOU PENSANDO EM DESISTIR?

Reação Responde
0:05:37

A DEPRESSÃO TEM CAUSAS ESPIRITUAIS?

Reação Responde
0:04:50

TENHO MUITAS DIFICULDADES, SÃO ESPÍRITOS OBSESSORES?

Reação Responde
0:03:02

POR QUE NASCEM PESSOAS HOMOAFETIVAS?

Reação Responde
0:06:36

ACHO QUE SOU HOMOSSEXUAL, E AGORA?

Reação Responde
0:04:41

QUAL A IMPORTÂNCIA DA ACEITAÇÃO QUANDO ADOECEMOS?

Reação Responde
0:04:12

POR QUE UMA CRIANÇA SE VAI TÃO CEDO?

Reação Responde
00:13:37

COMO FAZER O CULTO DO EVANGELHO NO LAR?

Reação Responde
00:02:05

COMO A MEDIUNIDADE SURGE? – MEDIUNIDADE

Reação Responde
00:09:55

DEMÔNIOS EXISTEM?

Reação Responde
00:03:06

EXISTE EXPLICAÇÃO PARA MORTE DE CRIANÇAS?

Reação Responde
00:03:34

QUAL A DIFERENÇA ENTRE A PROVA E A EXPIAÇÃO?

Reação Responde
00:02:09

O QUE É O PLANO ESPIRITUAL?

Reação Responde
00:01:20

OS ASPECTOS ESPIRITUAIS DE UM CASO DE VIOLÊNCIA SEXUAL COM GRAVIDEZ

Reação Responde
00:06:24

O QUE É A REENCARNAÇÃO?

Reação Responde
00:01:19

DO PONTO DE VISTA ESPIRITUAL: POR QUE TEMOS PROBLEMAS?

Reação Responde
00:02:03

COMO ME PERDOAR APÓS UM ABORTO, E SEGUIR ADIANTE?

Reação Responde
00:16:22

CRIANÇAS PODEM SER MÉDIUNS

Reação Responde
00:10:10

A DEPRESSÃO ESTÁ LIGADA A QUESTÕES ESPIRITUAIS

Reação Responde
00:06:39

HÁ LIGAÇÕES DE OUTRAS VIDAS EM UM RELACIONAMENTO AMOROSO?

Reação Responde
00:02:26

COMO O EVANGELHO NO LAR PODE AUXILIAR A FAMÍLIA

Reação Responde
00:01:19

EXISTE RELAÇÃO ENTRE PROVAS, EXPIAÇÕES E DOENÇAS TERMINAIS

Reação Responde
00:05:36

A SÍNDROME DE DOWN É UMA PUNIÇÃO DIVINA ?

Reação Responde
00:05:35

POR QUE ALGUMAS PESSOAS OPTAM PELO SUICÍDIO?

Reação Responde
00:05:00

SEREMOS COBRADOS POR DEUS PELOS ERROS QUE COMETEMOS?

Reação Responde
00:05:10

QUAL O MELHOR REMÉDIO PARA NOSSAS DORES?

Reação Responde
00:04:09

PORQUE O EVANGELHO NO LAR É IMPORTANTE PARA A FAMÍLIA?

Reação Responde
00:01:11

É CORRETO ABREVIAR A VIDA DE UM DOENTE INCURÁVEL?

Reação Responde
00:03:39

A CARIDADE PODE SER UM REMÉDIO PARA NOSSAS DORES?

Reação Responde
00:01:40

COMO É O ACOLHIMENTO NO MUNDO ESPIRITUAL DOS QUE SOFREM MORTE VIOLENTA?

Reação Responde
00:02:43

A MEDIUNIDADE É UM BEM OU UM SOFRIMENTO?

Reação Responde
00:02:43

POR QUE DEUS PERMITE AS DEFICIÊNCIAS FÍSICAS?

Reação Responde
00:05:18

A ALMA PODE SAIR DO CORPO?

Reação Responde
00:03:10

TENHO MEDO DA MINHA MEDIUNIDADE, E AGORA?

Reação Responde
00:02:37

COMO SUPERAR OS GRANDES DESAFIOS DA VIDA?

Reação Responde
0:01:32

EXISTEM ESPÍRITOS QUE QUEREM ABALAR NOSSO CONVÍVIO EM CASAS RELIGIOSAS?

Reação Responde
00:03:40

ROSSANDRO KLINJEY ENVIA UM RECADO AMOROSO AO MOVIMENTO ESPÍRITA

Este é um vídeo do Portal Reação bastante particular. Nele, Rossandro Klinjey manda um recado para o movimento espírita brasileiro. Sua mensagem é clara e dieta, com teor preocupante.
O expositor e psicológico diz ter se deparado e se alarmado com a seguinte situação. Trabalhadores com problemas espirituais são relegados pelos colegas da própria casa espírita. Assim, buscam (ou são encaminhados para) tratamento em outras instituições.
Pela explicação de Rossandro, não se trata do caso de o centro em que atua não possuir recursos terapêuticos a oferecer ao tarefeiro em dificuldade.
Antes, está-se diante de uma situação de constrangimento do grupo daquele que está doente. Assim, em vez de acolherem-no, os colegas preferem afastá-lo. Não só do trabalho, mas da casa. O conferencista, ainda que de maneira gentil, é severo em seu diagnóstico. E faz um apelo para que se reveja esse tipo de decisão.
O Portal Reação é um projeto audiovisual de Brasília especializado em documentários. Seus vídeos mostram em detalhe a vivência da terceira revelação em suas várias formas.

Continuar lendo

Comentários

Acompanhar estes Comentários
Notificar-me de
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Mais Episódios

0
Participe da nossa comunidade! deixe seu comentário.x
()
x