“Paulo e Estêvão” veio cobrir lacunas a respeito da biografia de Paulo de Tarso. O romance de Emmanuel, psicografado por Chico Xavier, esclarece, por exemplo, sobre o estado civil do apóstolo. Pesquisadores que dedicam a vida a estudar o luminar do Cristianismo não obtêm clareza sobre o assunto. Apenas os registros do mundo espiritual contêm as respostas.

Para a historiografia, Abigail não existe. Contudo, o meio espírita a conhece bem. A irmã de Estêvão foi noiva de Saulo, promissor doutor fariseu. E é a importância dessa relação afetiva o ponto principal deste episódio. O casamento não se consumou. E Paulo, convertido por Jesus, jamais teve outro relacionamento depois. Optou pelo celibato.

A solteirice com abstenção de sexo é uma das condições abordadas por Allan Kardec na Lei de Reprodução. As outras são a poligamia e a monogamia. A espiritualidade comenta ainda sobre o emprego da energia sexual. E as respostas de “O Livro dos Espíritos” são lidas pelo prisma da biografia paulina.

Tal é a proposta de Guilherme del Valle com esta série. Ela resulta de seu livro “Paulo de Tarso e as Leis Morais”, publicado em 2017 pela Fergs. O conteúdo em vídeo nasceu da parceria entre o Centro Espírita Emmanuel de Viamão (RS) e a plataforma Espiritismo.TV.

Continuar lendo

Comentários

Mais Episódios