FÉ, ESPERANÇA E CARIDADE: FLAGELOS DESTRUIDORES

No item 737, Allan Kardec pergunta aos Espíritos: “com que fim fere Deus a humanidade por meio de flagelos destruidores?”. E eles respondem: “para fazê-la progredir mais depressa”. Eis a tônica deste bate-papo à distância entre quatro trabalhadores e divulgadores do Espiritismo.

A motivação, claro, é a quarentena imposta à toda a humanidade em razão da pandemia do Novo Coronavírus. As reuniões por meio digital tornaram-se a saída de interação nestes tempos. E Antônio Rubatino, dirigente do Grupo da Fraternidade Espírita Irmã Scheilla, teve a ideia de promover este encontro. Participaram Geraldo Campetti, vice-presidente da FEB, e os expositores Simão Pedro de Lima e Renato Vernaschi.

A conversa foi uma live, isto é, transmitida ao vivo. Mas agora está disponível na plataforma Espiritismo.TV. Os estudiosos da Doutrina fizeram interessantes reflexões sobre o momento do nosso planeta e das relações familiares.

As discussões se balizaram em dois trechos da Codificação. O primeiro, o capítulo 6 das Leis Morais, terceira parte de “O Livro dos Espíritos”. E o segundo, o item 11 do capítulo XIX de “O Evangelho segundo o Espiritismo”, “A fé transporta montanhas”. A mensagem é de certeza na evolução moral dos homens impulsionada pela Providência Divina.

Continuar lendo

Mais Episódios