Emmanuel poeta? Ainda que existam registros em versos do benfeitor na extensa obra de Chico Xavier, não são eles que o notabilizam. Seus romances, ensaios históricos e filosóficos e comentários do Evangelho estão na base da literatura espírita para além da Codificação.
Mas como não ler poesia nessas centenas de esmerados escritos? Esse constitui um dos méritos de “Mensagem dos Poetas Mortos”. Para compor as canções do álbum, Zé Henrique Martiniano pinçou também textos em prosa. E, deles, extraiu sumo poético de grande beleza.
“Sinfonia” é um exemplo disso. Os sucintos seis versos foram retirados de uma lição evangélica do livro “Fonte Viva”. No trecho, Emmanuel faz um paralelo entre a busca por sentir Deus e o processo de fruição da arte. Contemplar o céu é tão necessário quanto, ao ouvir uma sinfonia, abrir a “acústica da alma”.
Zé Henrique selecionou mais um texto do autor espiritual para “Mensagem dos Poetas Mortos”. O trabalho foi lançado em formato livro-CD, em 2019, em parceria com o Instituto SER.

Continuar lendo

Comentários

Mais Episódios