NINGUÉM PODE VER O REINO DE DEUS SE NÃO NASCER DE NOVO

A conversa entre Jesus e Nicodemos está registrada somente no Evangelho de João. É um diálogo longo e profundo. Nele, o Cristo não se utiliza de parábolas e outras figuras poéticas com que costumava ensinar o povo. Sabia quem estava à sua frente. Um fariseu e líder dos judeus. Contudo, esse grande conhecedor da Lei estava sinceramente inclinado a ouvir aquele que diziam ser o Messias.

No trecho, Jesus fala que “ninguém pode ver o Reino de Deus se não nascer de novo”. Evolução e reencarnação são dois ensinamentos presentes. E o Mestre desenvolve esses princípios ao longo da interação. Mas como esse tipo de lição era assimilada naquele tempo? Servem de parâmetro as reações de Nicodemos, supostamente confuso.

A Doutrina Espírita trouxe chaves de interpretação 18 séculos depois. “O Evangelho Segundo o Espiritismo” aborda esse “nascer de novo”, da água e do Espírito, conforme o diálogo. O texto de Allan Kardec é a base de João Alves neste episódio. Ele lê parte da passagem e a interpreta segundo a Codificação.

O expositor e pesquisador é o convidado do Portal Reação no vídeo. O projeto audiovisual de Brasília dedicado à divulgação espírita tem um propósito específico com a série Jesus e o consolador. Nela, passagens e ensinamentos pontuais do Cristo são analisados pela perspectiva do Espiritismo.

Continuar lendo

Comentários

Mais Episódios