Assistindo

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 06

Instruções Psicofônicas
00:06:29

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 07

Instruções Psicofônicas
00:08:25

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 08

Instruções Psicofônicas
00:11:08

PODSER #021 – INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS

PodSER
02:47:41

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 09

Instruções Psicofônicas
00:08:47

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 10

Instruções Psicofônicas
00:11:42

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 11

Instruções Psicofônicas
00:07:28

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 12

Instruções Psicofônicas
00:09:37

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 13

Instruções Psicofônicas
00:11:10

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 14

Instruções Psicofônicas
00:17:45

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 15

Instruções Psicofônicas
00:09:05

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 16

Instruções Psicofônicas
00:07:34

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 17

Instruções Psicofônicas
00:06:55

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 18

Instruções Psicofônicas
00:06:09

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 19

Instruções Psicofônicas
00:10:58

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 20

Instruções Psicofônicas
00:06:55

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 21

Instruções Psicofônicas
00:05:31

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 22

Instruções Psicofônicas
00:11:25

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 23

Instruções Psicofônicas
00:15:03

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 01

Instruções Psicofônicas
00:12:41

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 02

Instruções Psicofônicas
00:22:33

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 03

Instruções Psicofônicas
00:25:45

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 04

Instruções Psicofônicas
00:06:09

INSTRUÇÕES PSICOFÔNICAS – EPISÓDIO 05

Instruções Psicofônicas
00:09:17

O literato Gustavo Amaral Ornellas desencarnou em 1923. Como Espírito, foi um dos colaboradores de “Parnaso de Além-túmulo”, com dois textos. Essa coletânea poética foi o primeiro livro psicografado por Chico Xavier. Assim, constitui um marco do Espiritismo no Brasil.

Em 17 de março de 1955, o poeta se manifestou pela voz do grande médium. Ele recitou seu soneto “A Oração”. A perfeição métrica fica clara no poema, que retrata o poder cósmico da prece. Ornellas expressa a ampliação do alcance das rogativas e a certeza da resposta de Deus.

Antes, quem fala por Chico é Meimei. A benfeitora anuncia a presença do poeta e de sua intenção de declamar. Ela também informa os membros da reunião sobre o trabalho de reposição de fluidos a que eram submetidos naqueles momentos.

Quem explica a razão desse empenho é Arnaldo Rocha. Seu texto introdutório, que lê na abertura do episódio, menciona os atendimentos mediúnicos difíceis que abriram aquela sessão. A série “Instruções Psicofônicas” foi organizada e oferecida pela Versátil Vídeo Spirite.

Continuar lendo

Comentários

Mais Episódios