OUVINDO VOZES

O pior médium é aquele que não quer enxergar! Mediunidade ostensiva é coisa séria! Ainda assim, os Amigos da Luz fazem comédia a partir dela. Mas, como sempre, o que o grupo quer é tratar de temas importantes.

Neste caso, o mote é a maledicência. Bom seria ter ouvidos de ouvir, como Jesus ensinou. Gorete ouviu vozes. Só que não entendeu direito. Uma noite de insônia com “antenas ligadas” rendeu um dia mau-humor. O que fez foi espalhar “fake news” na vizinhança. Fofoca mesmo!

Quem esclareceu a situação, ironicamente, foi a vítima da língua de Gorete. Flávio, o vizinho caluniado, deu sua versão do que havia se passado na madrugada. E a mulher caiu na real.

A gente lembra as recomendações de Allan Kardec. Quem é abençoado por um dom mediúnico, qualquer que seja ele, precisa estudar. É pela teoria que se entende o fenômeno. E sem fazer fofoca! É trabalho de intercâmbio em favor do bem.

Continuar lendo

Mais Episódios