Quem assume uma tarefa espírita e se predispõe a caminhar com Jesus deve se preparar. O assédio dos obsessores chega, mais cedo ou mais tarde. Infelizmente, fazer o bem incomoda aqueles que preferem manter distância dele. Imagine, então, as forças contrárias que um centro espírita pode atrair.

Os Amigos da Luz retratam essa situação. O grupo do Rio de Janeiro encontra motivos para fazer humor das mais diversas vivências no Espiritismo. Aqui, dois obsessores conseguem invadir um centro. Um deles quer botar o edifício abaixo. Mas o outro lembra que uma casa espírita é feita de pessoas.

Então, a dupla decide ir à carga contra os trabalhadores. Há diversos deles em várias funções: dirigentes, palestrantes, médiuns etc. Também são variadas as maneiras de atacá-los.

Mas, então, surge um dos Espíritos protetores da instituição. Começa um duelo, não de forças, mas de argumentos. A conclusão é que a obsessão constitui uma bênção. Ela é um exercício para quem busca robustecer as próprias virtudes. Sejam benvindos, amigos!

Continuar lendo

Mais Episódios