Isaac tem dois filhos: Esaú e Jacó. O primeiro, preferido por Isaac, caçador, mais brutalizado, tem adoração por comida; o segundo, preferido pela mãe, mais introvertido e intelectualizado. Apesar de gêmeos, Esaú nasce primeiro, mas vende sua primogenitura ao irmão por um prato de guisado, e Jacó, aproveitando-se de seu ponto fraco, torna-se, então, o primogênito. Esse rompimento com a tradição lhe custará um alto preço, que se estenderá à sua família.
Por quanto e pelo quê venderíamos nossa religiosidade?
Temos compaixão pela fragilidade de nosso irmão, ou nos aproveitamos dela, procurando extrair-lhe alguma vantagem?
O Velho Testamento nos ajudará a responder essas questões, relatando nossa própria história evolutiva.
Continuar lendo

Mais Episódios