O estudo de Isaías pela perspectiva espírita está de volta! Haroldo Dutra Dias retoma com uma revisão do conteúdo trabalhado até aqui. Entretanto, avança em profundidade.

Ele faz um alerta importante sobre ajuste de expectativas. Pela dureza das palavras do profeta em suas admoestações, o conteúdo pode incomodar. Porém, para quem se dispõe a enfrentar desafios em relação às próprias convicções perante a sociedade e a religiosidade, o contato com a obra é proveitoso.

O anfitrião ressalta a aplicabilidade perfeita do teor do livro à atualidade. Porém, mesmo tratando de temas tão quentes, ele se encontra subaproveitado nas mais diversas denominações.  

Haroldo volta a ressaltar as três partes do livro e as descreve. A primeira, um grito de contrariedade à condição social e política da Judeia. No segundo, escrito no período de subjugação pela Assíria, Isaías oferece uma mensagem messiânica consoladora. Por fim, trata da regeneração de Israel, aplicável à humanidade no presente.

Volta ao foco o confronto entre as expectativas do povo quanto ao Messias e a verdadeira missão de Jesus. Esta, antevista com exatidão por Isaías. Em resumo, estamos diante de um texto como uma grande seta apontada para o Cristo.

Continuar lendo

Comentários

Mais Episódios