Assistindo

#004 – ESTUDANDO ISAÍAS

Estudando Isaías
00:42:40

#005 – ESTUDANDO ISAÍAS

Estudando Isaías
00:34:18

#006 – ESTUDANDO ISAÍAS

Estudando Isaías
00:31:07

#007 – ESTUDANDO ISAÍAS

Estudando Isaías
00:30:29

#008 – ESTUDANDO ISAÍAS

Estudando Isaías
00:35:26

#009 – ESTUDANDO ISAÍAS

Estudando Isaías
00:38:40

#010 – ESTUDANDO ISAÍAS

Estudando Isaías
01:14:44

#011 – ESTUDANDO ISAÍAS

Estudando Isaías
01:19:25

#012 – ESTUDANDO ISAÍAS

Estudando Isaías
01:40:28

#013 – ESTUDANDO ISAÍAS

Estudando Isaías
00:50:38

#014 – ESTUDANDO ISAÍAS

Estudando Isaías
01:09:04

#015 – ESTUDANDO ISAÍAS

Estudando Isaías
01:08:12

#016 – ESTUDANDO ISAÍAS

Estudando Isaías
01:15:09

#017 – ESTUDANDO ISAÍAS

Estudando Isaías
01:26:51

#018 – ESTUDANDO ISAÍAS

Estudando Isaías
01:30:00

#019 – ESTUDANDO ISAÍAS

Estudando Isaías
01:21:50

#020 – ESTUDANDO ISAÍAS

Estudando Isaías
01:20:00

#021 – ESTUDANDO ISAÍAS

Estudando Isaías
01:46:57

#022 – ESTUDANDO ISAÍAS

Estudando Isaías
00:49:00

#023 – ESTUDANDO ISAÍAS

Estudando Isaías
01:02:00

#024 – ESTUDANDO ISAÍAS

Estudando Isaías
01:16:27

#025 – ESTUDANDO ISAÍAS

Estudando Isaías
01:34:46

#026 – ESTUDANDO ISAÍAS

Estudando Isaías
01:32:28

#027 – ESTUDANDO ISAÍAS

Estudando Isaías
01:59:07

#028 – ESTUDANDO ISAÍAS

Estudando Isaías
02:09:22

#029 – ESTUDANDO ISAÍAS

Estudando Isaías
01:26:46

#030 – ESTUDANDO ISAÍAS

Estudando Isaías
01:12:24

#001 – ESTUDANDO ISAÍAS

Estudando Isaías
00:54:22

#002 – ESTUDANDO ISAÍAS

Estudando Isaías
00:48:31

#003 – ESTUDANDO ISAÍAS

Estudando Isaías
00:40:36

“Que fazeis de especial?”, perguntou Jesus aos que ouviam o Sermão do Monte. Em que a crença religiosa aprimora o comportamento? O questionamento é o cerne deste episódio. Uma reflexão válida para cristãos e espíritas do século XXI. Isso apesar de a série focalizar um texto antigo, de aproximadamente 2.700 anos.

Haroldo Dutra Dias começa a examinar o primeiro capítulo de Isaías. O livro do profeta, por ter anunciado o Messias, é tomado como o Evangelho presente no Antigo Testamento.

Lamentando sobre Jerusalém em seus dias, ele afirma que a capital de Judá havia se prostituído. Ou seja, seus habitantes distanciaram-se das Leis de Deus. E o sinal mais claro disso era a iniquidade. O profeta percebeu a disparidade entre os preceitos da revelação monoteísta e a prática cotidiana. E contra essa contradição levantou sua voz.

Novamente, o contexto histórico é chave importante de interpretação. A cisão das doze tribos em dois reinos dificultou os desígnios da espiritualidade. De que servia o conhecimento da Torá se os judeus padeciam de imoralidades?

Continuar lendo

Comentários

Mais Episódios