Assistindo

#022 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
1:04:42

#023 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
1:11:24

#024 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
1:14:56

#025 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
1:21:58

#026 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
1:11:17

#027 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
1:08:08

#028 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
1:02:05

#029 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
1:03:41

#030 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
1:01:09

#031 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
0:53:15

#032 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
0:58:03

#033 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
1:09:16

#034 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
1:40:44

#035 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
0:57:25

#036 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
1:10:32

#037 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
0:53:29

#038 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
1:03:53

#039 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
1:10:21

#040 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
1:26:00

#041 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
1:21:29

#042 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
1:23:25

#043 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
1:14:22

#044 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
1:10:14

#045 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
1:25:14

#046 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
0:51:24

#047 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
1:20:04

#048 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
1:01:37

#049 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
1:01:28

#050 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
1:15:08

#051 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
1:10:12

#052 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
0:55:15

#053 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
1:14:20

#054 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
1:09:26

#055 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
1:04:45

#056 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
0:46:43

#057 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
1:09:58

#058 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
1:00:58

#059 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
1:03:46

#060 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
1:06:36

#061 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
0:55:06

#062 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
0:57:10

#063 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
0:40:06

#064 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
0:54:52

#065 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
0:58:07

#066 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
1:02:50

#067 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
0:59:34

#001 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
01:02:44

#002 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
01:12:28

#003 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
01:02:34

#004 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
01:11:08

#005 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
1:13:03

#006 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
1:16:51

#008 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
1:13:32

#009 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
1:10:29

#010 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
0:55:09

#011 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
0:54:37

#012 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
1:03:33

#013 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
1:06:36

#014 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
0:53:41

#015 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
0:52:58

#016 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
1:04:14

#017 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
1:07:19

#018 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
1:23:31

#019 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
1:08:44

#020 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
1:09:24

#021 – ESTUDANDO ÊXODO

Estudando Êxodo
1:35:06

O episódio do estudo de Êxodo arremata as reflexões sobre o sexto mandamento: “não matarás”. Para isso, Haroldo Dutra Dias recorre a um texto de Allan Kardec. “Da perfeição dos seres criados” foi publicado na edição de março de 1864 da “Revista Espírita”.

Em linhas gerais, o codificador afirma que a regulação da Criação é perfeitamente conduzida por Deus. Em específico, ele aborda a face material da natureza. E tece um raciocínio insofismável. Diante da incompreensão humana sobre certos aspectos naturais, por que questionar a atuação da Providência, sempre sábia?

Haroldo utilizou o trecho da publicação motivado principalmente pela condição animal. Ele lembra que, muitas vezes, nos comovemos diante de vídeos em que predadores perseguem e atacam suas presas. Por que essas cenas despertam tais sentimentos? Será que há algo errado na natureza selvagem ou apenas não entendemos o que se passa?

Evidentemente, a evolução nos torna mais sensíveis ante cenas de destruição e morte. Contudo, Kardec ressalta no texto a imortalidade do princípio inteligente. Essa é uma certeza para o ser humano e para os irracionais. Mais que isso, ele destaca que a dor da própria finitude constitui instrumento de aperfeiçoamento moral dos Espíritos. Uma necessidade afim ao mundo de provas e expiações, ou seja, à condição humana.

Continuar lendo

Comentários

Acompanhar estes Comentários
Notificar-me de
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Mais Episódios

0
Participe da nossa comunidade! deixe seu comentário.x
()
x