O sexto item é um dos mais importantes da Introdução de “O Livro dos Espíritos“. Marcelo Uchôa faz esse alerta e justifica. Nesse trecho, Allan Kardec oferece uma espécie de síntese do Espiritismo e da obra em si.
No item, o codificador articula nada mais nada menos que 34 enunciados. Portanto, estudá-lo demanda mais que um episódio. E Marcelo trabalha neste os temas iniciais. Merece destaque o construto lógico de Kardec para sustentar sua argumentação.
Até aqui, ele havia abordado conceitos, como os de alma e de Espiritismo. Também descrevera o histórico de sua abordagem científica acerca dos fenômenos espirituais que vinha observando há alguns anos.
Agora, necessitava apresentar o ser imaterial, indivisível e inteligente. É o Espírito o responsável pelas manifestações que intrigavam a sociedade europeia. Mas seu ponto de partida no texto introdutório é Deus. O professor de Lyon trata dos atributos divinos e o fato de ser Ele o Criador. Eis a pedra fundamental para a compreensão da natureza espiritual do ser humano.

Continuar lendo

Comentários

Mais Episódios