A série “O Livro dos Espíritos” estuda a Introdução da obra. No total, são 17 itens escritos por Allan Kardec. E este episódio dedica-se ao segundo. E o ponto central da argumentação do codificador segue o mesmo do item anterior. Ele trata criticamente de terminologia, acentuando a dificuldade de trabalhar vocábulos que delimitem a contento um significado desejado.
A motivação é o termo alma e suas várias interpretações. Kardec descreve três delas. Marcelo Uchôa as lê e detalha. Esse esforço expositivo, salienta o professor de Lyon, deve-se ao fato de que o conceito em questão seria dos mais utilizados ao longo das 1019 questões do livro.
Toma-se a terceira e última conceituação como aquela a ser trabalhada. Trata-se de uma semântica comum às crenças espiritualistas. Alma é o princípio inteligente individual encarnado que sobrevive à morte física.
Além disso, o codificador apresenta o conceito de fluido vital. Sua intenção foi a de distinguir esse elemento do primeiro conceito exposto. Segundo este, alma seria meramente a energia que anima o corpo dos seres vivos e que deixa de existir com a extinção daquele.

Continuar lendo

Comentários

Mais Episódios