Este episódio conclui o resumo biográfico de Allan Kardec. Ou melhor, do professor Hippolyte Léon Denizard Rivail. Marcelo Uchôa e a esposa, Regina Mercadante, optaram por abrir a série dedicada a “O Livro dos Espíritos” destacando os fatos mais importantes da vida do codificador.

Essas informações são úteis para a melhor compreensão do teor da obra. As abordagens, o método e o crivo do bom senso que nortearam as pesquisas junto à espiritualidade não surgiram no contato com os fenômenos. E essa formação intelectual e moral ganham relevo nesses episódios introdutórios. Este, em específico, aborda o período que se estende da docência até o início das investigações espíritas.

A fase abarca aproximadamente 25 anos. Nela, Rivail conhece e se casa com Amélie Boudet. A esposa, mulher firme e sábia, versada em artes, foi sua companheira e grande incentivadora até a desencarnação dele, em 1869.

Marcelo focaliza ainda o prestígio de que o professor gozava na sociedade parisiense. Até “O Livro dos Espíritos”, de 1857, publicou 22 obras, a maioria sobre educação. E as dezenas de títulos e diplomas que juntou naqueles anos dão a dimensão de sua inserção e influência em variados segmentos sociais franceses.

Dois fatos são determinantes para uma mudança de rumos na vida do educador. O primeiro foi o golpe de Napoleão III, em 1852. E o outro, o convite do sr. Fourtier para que participasse de uma reunião com as “mesas girantes”.

Continuar lendo

Comentários

Mais Episódios