Marcelo Uchôa conclui o primeiro capítulo de “O Livro dos Médiuns”. Há Espíritos? O questionamento abre as noções preliminares da obra. Nos episódios recentes, a série vem se dedicando a ele. Este estudo integra o projeto Espiritismo e Mediunidade. A iniciativa é de Marcelo e da esposa, Regina Mercadante.

A mediunidade seria inconcebível sem a existência de seres desencarnados, conscientes e capazes de se comunicar. Allan Kardec refuta várias teses e conclui que, sim, há Espíritos. As noções de céu e inferno, do sono eterno e do fim da existência individual após a morte são algumas dessas hipóteses.

O codificador lança argumentos lógicos. E deduz sobre a existência de seres imateriais coabitando o mesmo espaço que nós. Entretanto, em outra dimensão universal. E ele já lança algumas questões práticas ao fim do capítulo. Antes de estabelecer uma comunicação, sugere a utilização de um crivo com três perguntas.

Marcelo comenta trechos trazendo para o cotidiano do Espiritismo. Esse é um dos grandes méritos do estudo. Trabalha-se uma abordagem que atesta a pertinência da obra na atualidade.

Continuar lendo

Mais Episódios