TEVE UMA ENCARNAÇÃO QUE EU ME SUICIDEI

Documentários - 00:07:15

Este vídeo traz um rico exemplo de trajetória individual. Ele conta a história de Jorge Monforte. O servidor tem conseguido barrar as provações previstas para esta encarnação. E seu instrumento é o trabalho. Este minidocumentário do Portal Reação tem comentários de Flávio Corrêa. O expositor explica a capacidade de reverter as determinações programadas.

Com problemas de saúde, Jorge foi atrás de solução. Procurou a medicina convencional. Mas não obteve resultado. Então, fez terapia de regressão. Descobriu que havia se matado em uma encarnação passada. Isso explicaria as dificuldades atuais. O perispírito traz o registro das experiências. E elas afetam o funcionamento do organismo.

A vida deu a ele oportunidade de reverter alguns quadros. De outras situações, não pôde escapar. Na casa espírita que frequenta, atua em tarefas assistenciais. Completou quase uma década de trabalho beneficente. E as projeções provatórias vêm sendo evitadas. Bem disse Chico Xavier. “Qualquer um pode recomeçar e fazer um novo fim.”

Continuar lendo