POR QUE UMA CRIANÇA SE VAI TÃO CEDO? – PERDA DE FILHOS E JUSTIÇA DIVINA

Este vídeo do Portal Reação toca num tema duro. Como lidar com a desencarnação de uma criança? E quando ela é seu filho ou filha? Quem viveu a situação descreve-a como uma dor incomparável. Há meios de superá-la ou de, ao menos, controlar o sofrimento?

Marcus Ribeiro confirma que sim. Sua filhinha desencarnou com apenas 1 ano e 8 meses. A causa foi um acidente doméstico. Essa circunstância agravou o quadro, pois gera sentimentos de culpa e hipóteses: “se eu não tivesse feito isso…” O analista de sistemas conta que viveu um tempo perdido, em suspenso. Depois, viu-se em um dilema. Poderia se entregar à dor e cair. Ou seguir em frente, convertendo o sofrimento em doce saudade.

O contato com o Espiritismo foi importante para ele decidir pelo segundo caminho. Seus princípios ajudaram na compreensão e no processo de aceitação. A expositora Patrycya Henia comenta os casos do tipo. Na dura prova, a certeza na progressão da vida sustenta. É uma oportunidade de exercer a confiança na vontade de Deus.

Continuar lendo

Mais Episódios