CONSCIÊNCIA, A BÚSSOLA ÍNTIMA DA FORMAÇÃO DO SER INTEGRAL

O tema do 37° Congresso da Federação Espírita do Estado de Goiás (Feego) foi “Espiritismo e Jesus: luz para a humanidade”. Em razão da pandemia da Covid-19, o encontro teve formato online. E justamente este contexto de mudanças motivou Alberto Almeida em sua palestra.
O conferencista paraense direcionou a proposta geral do encontro para o momento em que vivemos. Bate à porta o convite à interiorização e à reavaliação de prioridades em face da efemeridade do que é material. Todos são livres para aceitar ou recusar. E o que motiva essa escolha?
A consciência! Alberto, para chegar à atualidade, faz um passeio em resumo pela trajetória evolutiva do Espírito humano. Do reino mineral ao hominal, cresce a habilidade de acesso à porção divina que nos habita a intimidade. Mas ainda falta convicção nesse mergulho permanente que nos propiciará a comunhão com o Criador.
Visando a esse fim, o expositor reforça a mensagem da redefinição de valores. “Buscai primeiro o Reino de Deus e a sua Justiça, e tudo mais vos virá por acréscimo.” A lição de Jesus aponta para a espiritualidade, essência de todos nós. Os bens, as relações e os títulos sociais, assim como o corpo, passarão. A consciência ficará, com tem sido ao longo dos milênios. É ela a guia para o caminho da luz.
Alberto respondeu algumas perguntas ao fim do vídeo. O grupo musical Ilumina, de Goiânia, fez a abertura da palestra. Todas as atividades do congresso contaram com interpretação em Libras.

Continuar lendo

Comentários

Mais Episódios