O VERBO DA COMUNICAÇÃO DE JESUS NAS BEM AVENTURANÇAS

O 5º Congresso Espírita de Uberlândia (CEU) teve como tema as bem-aventuranças e o Sermão da Montanha. O encontro foi realizado em janeiro pela WEB Rádio Fraternidade. A André Trigueiro não foi dada a incumbência de tratar de uma das virtudes exalçadas por Jesus no excelso discurso. O jornalista recebeu a proposta de proferir sua palestra sobre a estratégia de comunicação do Mestre.

A tarefa é nada fácil. Afinal, não se compreende o poder magnético daquelas palavras. O Cristo conseguia comunicar muito mais do que sua boca proferia. De toda forma, André fez uma inspiradora análise do discurso das bem-aventuranças.

Tratou-se de uma ruptura de paradigmas universal e eterno. Jesus não demonstrou apenas que os reveses do presente seriam anulados pela consolação divina. Mas ensinou que as dores de agora servem para a evolução individual. Assim como o espírito de humildade, serviço e perdão.

O expositor, então, propôs um pacto de mudança comportamental. Abandonar as práticas da queixa, do apego, da inveja e do desespero é o que se espera do Espírito com consciência da imortalidade. Ao fim da palestra, ele respondeu perguntas do público. Todas as atividades do 5º CEU têm interpretação em Libras.

Continuar lendo

Comentários

Mais Episódios