BEM-AVENTURADOS OS MANSOS, PORQUE HERDARÃO A TERRA

Simão Pedro de Lima desenvolve reflexões oportunas sobre a terceira bem-aventurança. Bem-aventurados os mansos, porque herdarão a terra. Não é possível desenvolver intimamente a paz antes de estarem consolidadas a humildade e a resignação. Estas, as virtudes felizes apontadas primeiramente por Jesus no Sermão da Montanha.

Esse excelso discurso proferido pelo Mestre motivou o 5º Congresso Espírita de Uberlândia (CEU). Esta foi a conferência de abertura do encontro, realizado em janeiro pela WEB Rádio Fraternidade. Todas as atividades contaram com interpretação em Libras.

O expositor promove um diálogo preciso entre o Evangelho e a Codificação, em especial, as questões de “O Livro dos Espíritos”. Sua fala alerta para a necessidade de posicionamento de todos nas práticas benéficas. Apenas assim deixará de sobressair o mal no planeta.

Além disso, Simão traça um caminho para a construção da cultura de pacifismo. Amparado em um raciocínio de Emmanuel, ele conceitua a paz legada pelo Cristo. E afirma tratar-se de uma edificação interior, harmônica com a consciência, onde reside as Leis Divinas. Ao fim do estudo, ele respondeu perguntas do público.

Continuar lendo

Mais Episódios