BEM-AVENTURADOS OS LIMPOS DE CORAÇÃO

Adeilson Salles diz ter uma doença grave: escreve por hemorragia. Assim que lançou dezenas de livros, a maioria direcionada ao público infanto-juvenil. Essa produção fez com que transcendesse as fronteiras do Espiritismo. Ele recebe convites frequentes para falar em escolas. E tornou-se conhecedor da realidade dos mais jovens.

“Felizes os limpos de coração, porque verão a Deus”. Ao escritor foi reservada a tarefa de tratar dessa bem-aventurança no 5º Congresso Espírita de Uberlândia (CEU). E, claro, refletir sobre essa condição de pureza conduz à infância. Jesus mesmo fez essa associação em outro ponto do Evangelho, acolhendo e abençoando as criancinhas.

Mas como ver a Deus? O atributo de invisibilidade do Criador é um preceito do monoteísmo. O expositor faz um apelo em favor do exercício da purificação do olhar. Ver o divino nas criaturas e em qualquer pessoa. E essa prática precisa começar em casa, com o diálogo e a empatia entre pais e filhos.

Ao fim de sua exposição, Adeilson respondeu perguntas do público. O CEU tem realização da WEB Rádio Fraternidade. Na quinta edição, o tema foram as bem-aventuranças e o Sermão da Montanha. Todas as palestras contaram com interpretação em Libras.

Continuar lendo

Comentários

Mais Episódios