PROGRESSO MORAL, TRAJETÓRIA PARA O REINO DA CONCÓRDIA, DA PAZ E DA FRATERNIDADE

Ana Tereza Camasmie vê um obstáculo para o desenvolvimento moral. Trata-se do isolamento. Esta palestra foi realizada em janeiro. Ela fez parte da programação do 4º Congresso Espírita de Uberlândia (CEU). O encontro é organizado pela WEB Rádio Fraternidade. Este vídeo conta com interpretação em Libras.

Ana Tereza parte do princípio doutrinário de que o progresso é inevitável. Mas alerta que se deve favorecê-lo. O desenvolvimento intelectual presente é inconteste. Contudo, a razão não responde a todas as necessidades humanas. Falta alguma coisa. O conforto material carece de direção.

E a conferencista oferece uma resposta. A Lei de Progresso está associada à de Sociedade. A autossuficiência é um engano. Ninguém evolui sozinho. E a indiferença moral é atitude que, em vão, tenta retesar a marcha.

Ana Tereza toma emprestados conceitos da psicologia da educação. Ela destaca a necessidade coletiva de ver e crer na potencialidade do outro. Sua exposição usa a experiência de André Luiz em Os Mensageiros.

Continuar lendo

Mais Episódios