OS DESAFIOS PARA A ERA NOVA. QUAL O NOSSO PAPEL?

Estamos subindo a montanha. Não é fácil e requer esforço. Na trilha íngreme, tantas vozes desestimulam: “para que seguir?” Nossos pensamentos entram em conflito com os sentimentos de desânimo e descrença: “será que vou conseguir?” “Terá valido a pena?” As nuvens ao redor nos turvam o foco para o que está além. Também impedem de ver de onde viemos.

Jussara Korngold usa a analogia da montanha para falar da nova era. A palestra foi realizada em janeiro, no 3º Congresso Espírita de Uberlândia, promovido pela Web Rádio Fraternidade. A presidente da Federação Espírita dos Estados Unidos reforça que, apesar das dificuldades, a luz é o destino de cada um.

Neste período de transição, os convites que desestimulam a ascensão são constantes. Mas Jussara ressalta a força do Evangelho e do otimismo racional de Kardec a nosso favor. Reconhecendo as próprias sombras, como verdadeiros espíritas, devemos lutar contra elas em nosso íntimo. Sejamos luz aos irmãos que nos seguem mais abaixo. Jesus nos espera no topo.

Continuar lendo