QUE VOS AMEIS UNS AOS OUTROS COMO EU VOS AMEI

O mandamento de amar o próximo como a si mesmo era antigo e difundido nos tempos de Jesus. Essa norma se encontra na Torá, o Pentateuco atribuído a Moisés. No Evangelho, o Cristo afirma ser ela semelhante à maior de todas as instruções: amar a Deus. Pois que o Criador pode ser adorado por meio de suas criaturas.

Contudo, o próprio Mestre amplia a profundidade do mandamento, ao oferecer um novo. “Que vos ameis uns aos outros como eu vos amei”. Ele se despedia dos amigos apóstolos no contexto da última ceia. E estabelecia seu sentimento por aquele grupo como padrão a ser seguido.

Juselma Coelho e Jussara Korngold foram convidadas a refletir sobre o preceito. Trata-se de um tremendo desafio para nós, Espíritos imperfeitos. Afinal de contas, ainda encontramos muitas dificuldades em compreender e perdoar nossos irmãos em humanidade.

Assim, para as expositoras, a oferta de Jesus no cenáculo representa, sobretudo, um convite ao aprimoramento das relações. O que nos falta ao exercício de uma conduta mais amorosa em casa, no trabalho e, de forma mais ampla, na sociedade? Elas dão alguns exemplos de interações mais complicadas em termos emocionais e sugerem como mudar a lente diante delas.

Após suas palestras iniciais, Juselma e Jussara respondem questões dos internautas. Os temas foram bastante variados e focalizaram, em especial, o momento de pandemia da Covid-19. Por conta da necessidade de isolamento social, a WEB Rádio Fraternidade promoveu o Congresso Espírita de Uberlândia em formato online. Assim foi ao ar o 1° CEU Virtual.

Continuar lendo

Comentários

Acompanhar estes Comentários
Notificar-me de
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Mais Episódios

0
Participe da nossa comunidade! deixe seu comentário.x
()
x