“Se todos os livros da humanidade se perdessem, mas se fosse preservado o Sermão da Montanha, nada teria se perdido.” Essa afirmação é atribuída a Mahatma Gandhi, um hindu. De fato, considera-se a coletânea de exortações e cânticos de Jesus o cerne do Evangelho.

Mas já pensou ser uma daquelas dezenas ou centenas de pessoas que estavam com o Mestre na ocasião? Já ponderou o poder consolador e magnético do discurso? O que levou a ouvi-lo aquela gente toda, sentada no monte galileu? Esse foi o exercício criativo de Tim. Ao se colocar como um dos ouvintes de Jesus naquela tarde, criou um clássico.

“Aos pés do monte” é uma canção abençoada. Não pode faltar no repertório de qualquer apresentação de Tim e Vanessa. É a letra que o público canta junto com os olhos úmidos e a voz embargada.

Claro que ela fez parte da apresentação que deu origem a “Cântaro”. Acabou não entrando no novo CD. Mas o registro em vídeo, de toda forma, está disponível em Espiritismo.TV, assim como os das demais músicas. Neste número, a dupla tem a companhia do Grupo Sol de Arte Espírita, que toca e interpreta em Libras “Aos pés do monte”.

Continuar lendo

Comentários

Mais Episódios