A 1ª Bienal do Livro Espírita apresentou lançamentos editoriais. Também tratou de publicações não tão novas que, por seu teor, merecem ser consultadas recorrentemente. E este bloco reuniu dois autores de obras bem distintas.

Álvaro Chrispino falou do seu “Sobre lobos e ovelhas”. Desde os anos 1980, ele se interessa e pesquisa o movimento espírita. Fundindo essa história à biografia de seus protagonistas no Brasil, escreveu o livro. Ele se divide em 11 capítulos, ou, como preferiu designar, 11 desafios. E o mais severo deles talvez seja a dissensão, a divisão. Este, um fato presente desde o início da organização do Espiritismo brasileiro.

O segundo autor a se apresentar foi Walter Bonaparte Jr. Ele falou do romance “Almas”. O médium paulista recebeu a obra por intuição. A narrativa traz a vida de emigrantes galeses na Argentina. Mais especificamente, a família europeia se instala na Patagônia. E, nessa região inóspita, o grupo se torna pioneiro da Doutrina Espírita.

Este bloco conta ainda com as apresentações musicais de BSS Harmony, Camilla Sá e João Vitor Ferreira. Todas as atividades da bienal tiveram interpretação em Libras. E a organização do evento foi do Instituto de Difusão Espírita Allan Kardec (Ideak).

Continuar lendo

Comentários

Acompanhar estes Comentários
Notificar-me de
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Mais Episódios

0
Participe da nossa comunidade! deixe seu comentário.x
()
x