O tema Medicina e Espiritualidade permeia os meios acadêmicos e o dia a dia da medicina em clínicas e instalações hospitalares. Como as emoções podem estar na causa primária das enfermidades que molestam os seres humanos, ensejando doenças fisiopsíquicas.  A raiva, a mágoa e o ressentimento prolongados além de estarem na origem de doenças graves, podem proporcionar novos quadros enfermiços no presente e no futuro.
Nesta live esse assunto foi tratado com muita propriedade por três experientes médicos espíritas: Décio Iandoli, de Campo Grande (MS) e Juliano Figueiredo e Marconi Gomes, de Belo Horizonte. Iandoli e Juliano são cirurgiões e Marconi é Cardiologista e Médico do Esporte. Todos pertencentes à Associação Médica Espírita de seus Estados.
Com grande argumento na literatura da Codificação e na subsidiária, avinda com Chico Xavier, todo o enredo da mesa redonda mostrou-se adequada ao momento atual quando, além dos quadros de angústia e depressão conhecidos, soma-se, no presente, uma pandemia global a demandar luz no entendimento e compreensão do sentido maior da vida.
A live contou com a participação de Antonio Rubatino, do Grupo da Fraternidade Espírita Irmã Scheilla, que atuou como facilitador.
Continuar lendo

Comentários

Mais Episódios