ESPERANÇA – NINGUÉM ESTÁ A SÓS

Maior demanda do ser em evolução, todos nós buscamos encontrá-la, no imo do nosso coração, e tê-la nos momentos  de incerteza, dúvida, ansiedade e sofrimento,  como o combustível da vida. Paulo, em sua carta aos Romanos, escreveu: “Porque tudo que dantes foi escrito, para nosso ensino foi escrito, para que pela paciência e consolação das Escrituras tenhamos esperança ” (15: 4).
Emmanuel afirma: “Nem todos conseguem, por enquanto, o voo sublime da fé, mas a força da esperança é tesouro comum.” E imediatamente aduz: “Nem todos podem oferecer, quando querem, o pão do corpo e a lição espiritual, mas ninguém na Terra está impedido de espalhar os benefícios da esperança (VINHA DE LUZ – 75)”. As ansiedades deixam um lastro de dores agudas e prostram a criatura que necessita da esperança para reerguer o bom ânimo, o desejo de prosseguir, a vontade de continuar.
Diante dessa exuberante reflexão foram lembradas as chamas da esperança em espíritos altivos e de grande força espiritual como Estêvão e Abigail, que fazem protagonismo na obra PAULO E ESTÊVÃO, um dos clássicos da literatura espírita.
Os minutos voaram quando Célio Alan Kardec, Cristiano Paiva e Melissa Tortoriello divagaram sobre o tema e conteúdo dos livros Minutos de Sabedoria, Paulo e Estêvão e Vinha de Luz.
Continuar lendo

Comentários

Mais Episódios