Pentateuco Kardequiano

A Doutrina Espírita e as Obras Básicas

Allan Kardec editou os cinco livros básicos da Doutrina Espírita, conhecidos como Pentateuco* Kardequiano, com base nos Pentateuco, que compõe os cinco primeiros livros da Bíblia.

Os livros de Allan Kardec

Allan Kardec é um dos principais responsáveis pelo surgimento e amadurecimento da doutrina espírita. Este educador, escritor é conhecido como codificador por nós espíritas por ter organizado em cinco principais livros todo o Espiritismo.

Os cinco livros basilares da Doutrina Espírita, conhecidos como Pentateuco Kardequiano, escritos por Allan Kardec são:

  1. Livro dos Espíritos – publicado em 18 de Abril de 1857;
  2. Livro dos Médiuns – publicado em Janeiro de 1861;
  3. Evangelho Segundo o Espiritismo – publicado em 15 de abril de 1864;
  4. O Céu e o Inferno – publicado em 1 de agosto de 1865;
  5. A Gênese – publicado em 6 de janeiro de 1868.

Neles, reuniu os ensinamentos da Espiritualidade superior, analisando-os e codificando-os, de forma a ficarem claros e interessantes.

Resumo dos livros que formam o Pentateuco Kardequiano

Abaixo você poderá ler um pequeno resumo dos livros que formam o pentateuco espírita

Pentateuco Kardequiano - O livro dos EspíritosO Livro dos Espíritos

Obra que contém os princípios da Doutrina Espírita sobre a imortalidade da alma, a natureza dos Espíritos e suas relações com os homens, as Leis Morais, a vida presente, a vida futura e o porvir da humanidade. Kardec nos fala sobre a imortalidade da alma, a natureza dos Espíritos e suas relações com os homens, as leis morais, a vida presente, a vida futura e o porvir da Humanidade, segundo os ensinos dados por Espíritos superiores com o concurso de diversos médiuns.

 

Pentateuco Kardequiano - O livro dos MédiunsO Livro dos Médiuns

O Livro dos Médiuns, feito com o objetivo de precaver os adeptos da Doutrina Espírita contra os escolhos da Mediunidade, versa sobre o caráter experimental e investigativo da doutrina, visto como ferramenta teórico-metodológica para se compreender uma “nova ordem de fenômenos”, até então jamais considerada pelo conhecimento científico: os fenômenos ditos espíritas ou mediúnicos, que teriam como causa a intervenção de espíritos na realidade física.

 

Pentateuco Kardequiano - O Evangelho Segundo o EspiritismoO Evangelho segundo o Espiritismo

A terceira obra do Pentateuco Kardequiano dá maior enfoque a questões religiosas, éticas e comportamentais do ser humano e abordada os Evangelhos canônicos sob a óptica da Doutrina Espírita, tratando com atenção especial a aplicação dos princípios da moral cristã e de questões de ordem religiosa como a da prece e da caridade. Kardec afirma que a Moral do Cristo é, acima de tudo, o roteiro infalível para a felicidade vindoura, o levantamento de uma ponta do véu que nos oculta a vida futura. É essa moral o objeto exclusivo desta obra.

 

Pentateuco Kardequiano - O Céu e o InfernoO Céu e o Inferno, ou a justiça divina segundo o Espiritismo

Esta obra compõe-se de duas partes. A primeira parte é composta de um exame crítico, que aponta as contradições filosóficas e incoerências com o conhecimento científico, superáveis, mediante o paradigma espírita da fé raciocinada. Na segunda parte, encontramo dezenas de diálogos que foram estabelecidos entre Kardec e diversos espíritos, nos quais estes narram as impressões que trazem do além-túmulo, e de como se deu o processo de desencarne para pessoas de diferentes tipos de caráter.

 

Pentateuco Kardequiano - A Gênese, os milagres e as predições segundo o EspiritismoA Gênese, os milagres e as predições segundo o Espiritismo

A Gênese, do ponto de vista do Espiritismo, é, segundo o próprio Kardec, mais um passo dado ao terreno das conseqüências e das aplicações do Espiritismo. Conforme seu título o indica, tem ela por objeto o estudo dos três pontos até agora diversamente interpretados e comentados: a Gênese, os milagres e as predições, em suas relações com as novas leis que decorrem da observação dos fenômenos espíritas. A Gênese, os milagres e as predições segundo o Espiritismo é, pois, um complemento das aplicações do Espiritismo, de um ponto de vista especial, afirma o Codificador.

Pentateuco Kardequiano 1

Para quem deseja compreender o Espiritismo, dando a saber do que se trata e internalizar os seus fundamentos do mestre Jesus, é preciso a leitura constante e atenta, além do estudo continuado das obras fundamentais do Espiritismo.

*PENTATEUCO — Grego pentateuchos, “os cinco livros”.