Parábola do Semeador

A Parábola do Semeador é uma das parábolas de Jesus encontradas nos três evangelhos sinópticos e o apócrifo Evangelho de Tomé . Nesta história, um semeador deixou cair uma semente no caminho, em terreno rochoso e entre os espinhos, e ela se perdeu, mas quando a semente caiu em boa terra, cresceu, multiplicando por trinta, sessenta e cem a colheita.

A Parábola do Semeador

Parábola do SemeadorOs versículos que compõe a parábola são encontradas nos três evangelhos sinópticos (Mateus 13:1-9Marcos 4:3-9 e Lucas 8:4-8) e no apócrifo Evangelho de Tomé

13:3 Eis que o semeador saiu a semear 13:4 e, ao semear, {uma parte caiu à beira do caminho, e vieram as aves e as comeram. 13:5 Outra parte} caiu sobre {solo} pedregoso, onde não havia muita terra, e brotou imediatamente, por não haver profundidade de terra. 13:6 Raiando o sol, foi crestadas e, por não ter raiz, ressecou-se. 13:7 Outra (parte) caiu sobre espinheiros; espinheiros subiram e as sufocaram. 13:8 Outra parte caiu sobre terra boa e dava fruto: uma cem, outra sessenta e outra trinta. 13:9 Quem tem ouvidos, ouça!

Fonte: O Novo Testamento por Haroldo Dutra Dias

 

Explicação da parábola do Semeador

(Mc 41020 Lc 89-15)

13:10 Aproximando-se, os lhe Por discípulos Lhe disseram: Por que lhes falas em parábolas? 13:11 Em resposta, lhes disse: Porque disse: Porque a vos foi dado conhecer os mistérios do Reino dos Céus, mas aqueles não foi dado {conhecer}. 13:12 Pois àquele que tem lhe será dado, e terá com abundância: mas àquele que não tem até o que tem sera tirado dele. 13:13 Por isso, Lhes falo em parábolas, porque vendo não vê ouvindo não ouvem nem compreendem. 13:14 Neles se cumpre profecia de Isaías, que diz: Ouvireis com os ouvidos, e não compreendereis vendo, vereis e não enxergareis, 13:15 pois o coração deste povo se tornou cevado, com ouvidos pesadamente ouviram, seus olhos se fecharam; para que não vejam com os olhos, não ouçam com os ouvidos, não compreendam com o coracão e se voltem para eu os cunar. 13:16 Bem-aventurados os vossos olhos, porque veem; e os vossos ouvidos, porque ouvem. 13:17 Pois amém vos digo que muitos profetas e justos desejaram ver o que vedes, e não viram: ouvir o que ouvis, e não ouviram. 13:18 Vós, portanto, ouvi a parábola do que semeou. 13:19 Todo aquele que ouve a palavra do Reino e não a compreende, vem o malvado e se apodera do que foi semeado no seu coração; esse é o semeado à beira do caminho. 13:20 O semeado sobre solo pedregoso é o que ouve a palavra, recebendo-a imediatamente com alegria, 13:21 porém não tem raiz em si mesmo, mas é transitório; ocorrendo provação ou perseguição por causa da palavra, imediatamente se escandalizam, 13:22 O semeado entre espinhos é o que ouve a palavra, mas a ansiedade da era e o engano da riqueza sufoca{m} a palavra, e torna-se infrutífera. 13:23 O semeado sobre boa terra é o que ouve a palavra e a compreende: o qual frutifica e produz, um cem, outro sessenta, outro trinta.