Evangelização Infantil

Passar o conhecimento espírita e a moral evangélica, através de vivências relacionadas ao dia-a-dia de crianças e jovens é o que procura a Evangelização Infantil.

Segundo a FEB, “Evangelização Espírita Infanto-Juvenil é toda a atividade voltada ao estudo da Doutrina Espírita e à vivência do Evangelho de Jesus junto à criança e ao jovem.

O compromisso dos Evangelizadores

Os evangelizadores devem estar comprometidos em promover a integração do evangelizando consigo mesmo, com o próximo e com Deus, segundo nos afirma a Federação Espírita Brasileira.

O motivo de evangelizar crianças e jovens

A Doutrina Espírita, visando a criação de uma sociedade mais saudável e feliz, traz a luz da Evangelização Infantil espírita às crianças e jovens. A mensagem de Jesus Cristo, sempre atualizada, é passada aos jovens através de uma programação adequada as mentes em formação.

Evangelizar é mais do que ensinar

Como nos ensina a Doutrina, devemos desenvolver o Conhecimento e a Moral para evoluirmos. É portanto com essa preocupação que a Evangelização Infanto-Juvenil usa os ensinamentos constantes no Evangelho para contribuir com a evolução moral dos seus alunos.

Jesus e a Evangelização Infantil

Então disse Jesus: “Deixem vir a mim as crianças e não as impeçam; pois o Reino dos céus pertence aos que são semelhantes a elas” – Mateus, 19:14.

Todo o processo da Evangelização Infantil não foge do objetivo geral do estudo espírita, que é o “estudo da lei natural que rege o Universo e da “natureza, origem e destino dos Espíritos bem como de suas relações com o mundo corporal”, como visto no Preâmbulo de “O que é o Espiritismo” de Allan Kardec.

Pais e Evangelizadores trabalhando juntos

Os pais, pela responsabilidade assumida antes da reencarnação, quando assumem a condição de orientadores, precisam ter a preocupação de oferecer aos seus filhos a melhor diretriz para uma vida digna e um porvir espiritual seguro.

Além dos aspectos de segurança financeira os pais espíritas devem encaminhá-los às Escolas de Evangelização dos Centros Espíritas, segundo nos informa Divaldo Franco em comunicação inspirada por Joanna de Ângelis, em resposta a importância da Evangelização Espirita Infanto-Juvenil.

O resultado da Evangelização Infantil

Segundo Cecília Rocha em “Currículo para as Escolas de Evangelização Espírita Infanto juvenil”, o resultado esperado é um evangelizado que se percebe como “ser integral, crítico, consciente, participativo, herdeiro de si mesmo, cidadão do Universo, agente de transformação de seu meio, rumo à toda perfeição de que é suscetível”.

https://www.espiritismo.tv/ceu-congresso-espirita-de-uberlandia/2o-congresso/jesus-o-evangelho-e-a-familia/