O que é o Espiritismo?

O Espiritismo ou Doutrina espírita é a doutrina codificada pelo pedagogo francês Hippolyte Léon Denizard Rivail, usando o pseudônimo de Allan Kardec.

O Espiritismo está baseado em cinco obras, escritas por Kardec, através da observação de fenômenos que o mesmo atribuía a manifestações de inteligências incorpóreas ou imateriais, denominadas espíritos.

A codificação espírita está presente em:

O espiritismo é Ciência, Filosofia e Religião.

O triplo aspecto do Espiritismo: A Doutrina que tem como um dos princípios a comunicação com os espíritos. O Espiritismo tem por fundamentos os seguintes preceitos, determinados por Allan Kardec.

Vídeos sobre o Espiritismo

Assista a uma seleção de videos espíritas no Espiritismo TV!

Filme sobre o Espiritismo

O que é o Espiritismo?

 

 

 

 

 

 


Princípios do Espiritismo

A existência de Deus

Para o Espiritismo, Deus é a inteligência suprema, causa primária de todas as coisas. Essa nova concepção da divindade é que torna a Doutrina Espírita uma inovação no campo religioso, trazendo uma nova forma de se relacionar com Deus.

Imortalidade da Alma

Somos antes de tudo, espíritos, filhos de Deus. O espírito, o princípio inteligente, criado por Deus simples e ignorante, evoluiu e melhora gradativamente. Foi criado mas é imortal. Portanto, nós espíritos, já existíamos antes de nascermos e continuaremos a existir, depois da morte física.

A imortalidade da alma nos faz ver a vida de uma nova perspectiva.

Pluralidade das Existências

O Espírito é criado por Deus, simples e ignorante, e com a pluralidade de suas existência vai aprendendo e construindo o seu destino. Conforme caminha na sua evolução, desenvolve a capacidade de escolher entre o bem e o mal, sendo dotado de livre-arbítrio.

É portanto a reencarnação, através da Justiça e Misericórdia do Criador, que permite ao Espírito viver inúmeras vezes, para adquirir experiências, melhorando cada vez mais e conhecendo e se harmonizando com a Lei de Deus.

É portanto através de inúmeras encarnações que o ser humano consegue mudar a sua Vida, tendo como conceito de vida o conjunto total de encarnações do espírito.

Pluralidade dos Mundos Habitados

Na casa do Pai há muitas moradas, disse o Mestre Jesus.

Deus não desperdiça e não cria nada para deixar vazio, sem uso, inútil. Por isso existe vida e utilidade para todos os orbes dos universos e nem todas as encarnações acontecem na Terra. Existem mundos inferiores e superiores ao que vivemos e dependendo da nossa evolução, poderemos renascer num planeta de ordem elevada.

O mundo espiritual também faz parte dos mundos habitados, não por espíritos encarnados, mas por uma vastidão de seres espirituais.

Comunicabilidade dos Espíritos

Os Espíritos estão por toda parte e eles são seres humanos desencarnados. E as relações entre os mundos visível e invisível podem ser ocultas ou patentes, espontâneas ou provocadas, segundo afirma Allan Kardec.

Os Espíritos podem manifestar-se de muitas maneiras diferentes: pela vista, pela audição, pelo tato, produzindo ruídos e movimentos de corpos, pela escrita, desenho, música etc.

Ser espirita é saber que fora da caridade não há salvação e que através do nosso livre arbítrio podemos seguir o que Jesus Cristo nos deixou em seu Evangelho: Amar.

O início do Espiritismo

Durante o século XIX houve uma grande onda de manifestações mediúnicas nos Estados Unidos e na Europa, abrindo caminho para o grande interesse no mundo dos espíritos.

O termo Spiritisme foi criado por Kardec em 1857 para definir o corpo de ideias reunidas em seu “O Livro dos Espíritos” e destacar as diferenças do espiritismo em relação ao espiritualismo.

Estas manifestações consistiam principalmente de ruídos estranhos, pancadas em móveis e objetos que se moviam ou flutuavam sem nenhuma causa aparente. Um efeito que ficou amplamente conhecido foi o das mesas girantes.

No final dos anos 1840 destacou-se o suposto caso das Irmãs Fox, nos EUA

O Brasil e o Espiritismo

O brasil é o pais com o maior movimento espírita do mundo. São mais de 3,8 milhões de seguidores da doutrina, fazendo do nosso país a maior nação espírita do planeta.

Em 17 de setembro de 1865, apenas oito anos depois da fundação oficial do espiritismo na França, foi realizada em Salvador a primeira sessão da doutrina no Brasil, liderada por um jornalista, Luís Olímpio Teles de Menezes. No mesmo ano, surgiu o primeiro centro espírita do Brasil.

Figuras ilustres da cultura brasileira, como Bezerra de Menezes, transformaram a codificação espírita em uma religião tipicamente nacional.</p>

Em grande parte divulgada por intelectuais nas nossas maiores cidades. Anos antes de ganhar as massas com Chico Xavier, os seguidores de Kardec já tinham uma nova capital, nos trópicos.

A Federação Espírita Brasileira, a FEB

Fundada em 1884, é uma entidade de utilidade pública que constitui-se na mais importante e influente organização representativa do Espiritismo no Brasil e em quase todos os países em que o movimento espírita está presente.

Através de expoentes espíritas notórios, principalmente o Dr. Bezerra de Menezes, a FEB logo consolidou no Brasil a formatação do Espiritismo enquanto religião.

Em diversos países, a federação fornece amplo apoio à médiuns, palestrantes e centros espíritas, publica e traduz livros na temática e promove ações de caridade.

A FEB é a associação representante do Brasil junto ao Conselho Espírita Internacional (CEI).

A Doutrina espírita ou Espiritismo

Vocabulário do Espiritismo.TV

Já conhece o Espiritismo.tv?

O Espiristimo.tv é uma Plataforma de Vídeos e Palestras Espiritas, aqui você encontra, Músicas, Filmes, Séries de Estudos, e muito mais sobre Espiritismo!