Emmanuel

EmmanuelEmmanuel é o guia espiritual do médium brasileiro Chico Xavier, responsável pela autoria de boa parte de suas obras psicografadas. Sempre identificado como um jovem imponente, com vestes sacerdotais e aura brilhante, Emmanuel trabalhou junto a Chico até o seu desencarne, aos 92 anos.

O primeiro contato com Emmanuel

Este diálogo, acontecido em 10 de julho de 1927, na fazenda da senhora Carmem Pena Perácio, já dá o tom da personalidade marcante de Emmanuel:

“ – Está mesmo disposto a trabalhar na mediunidade?
– Sim, se os bons espíritos não me abandonarem.
– Você não será desamparado, mas para isso é preciso que trabalhe, estude e se esforce no bem.
– O senhor acha que estou em condições de aceitar o compromisso?
– Perfeitamente, desde que respeite os três pontos básicos para o serviço.
– Qual o primeiro ponto?
– Disciplina.
– E o segundo?
– Disciplina.
– E o terceiro?
– Disciplina, é claro. Temos algo a realizar. Trinta livros para começar.”

Emmanuel: amigo espiritual de Chico

Em 1931 Chico e Emmanuel têm o primeiro contato. O médium estava à sombra de uma árvore, à beira de uma represa, enquanto orava. Cena recriada no filme Chico Xavier, onde vemos o famoso diálogo acima acontecer.

O trabalho de Emmanuel e Chico Xavier

O nome de Emmanuel está intimamente ligado ao de Chico por conta do trabalho extenso e de alta qualidade que os dois executaram juntos. O seu nome se tornou popular no Brasil através das psicografias e do trabalho incansável no esclarecimento das verdades contidas no Evangelho luminoso de Jesus.

As reencarnações de Emmanuel

Algumas informações sobre as encarnações de Emmanuel não estão comprovadas por relatos de Chico Xavier e algumas são alvo de pesquisas históricas. Vamos as informações que temos hoje em dia:

Século IX a.C: a primeira encarnação de Emmanuel conhecida na Terra com o de Simas, grão-sacerdote do templo de Amon-Rá na antiga cidade egípcia de Tebas.

Ano 63 a.C: a segunda encarnação se refere ao cônsul romano Publius Lentulus Cornelius Sura, contemporâneo de Júlio César bem como amigo de Sulla e Cícero condenado à morte no ano 63 a.C.

Século I d.C: A terceira se refere a Publius Lentulus Cornelius, um senador romano e bisneto do anterior Publius Lentulus Cornelius Sura, vivendo à época do Cristo, no século I da Era Cristã.

Ano 131 d.C: a quarta se refere ao escravo Nestório, reencarnando em Éfeso no ano 131 com o nome de Nestório.

Ano 233 d.C: a quinta se refere a Basílio, romano filho de escravos gregos que nasceu em Chipre como liberto no ano 233.

Ano 439 d.C: a sexta se refere a São Remígio, bispo de Remis. Nasceu no ano 439, em Lyon.

Séculos XII-XIII: a sétima se refere ao cardeal João de São Paulo, durante o papado de Inocêncio III, no Vaticano dos Séculos XII-XIII.

Ano 1517 d.C: a oitava se refere ao padre Manuel da Nóbrega, sacerdote jesuíta português nascido em 18 de outubro de 1517 no Reino de Portugal.

Ano 1613 d.C: a nona se refere ao padre Damiano, nascido em 1613 na Espanha.

século XVIII d.C: a décima se refere a Jean Jacques Turville, nascido no século XVIII na França.

séculos XIX e XX d.C: a décima-primeira se refere ao padre Amaro, um humilde sacerdote católico que viveu entre os séculos XIX e XX.

Reencarnação de Emmanuel no Brasil

E durante uma  em entrevista SBT a Gugu Liberato, Chico Xavier declarou: “Emmanuel está em vias de reencarnar.” Dra Marlene Nobre confirma relatos de Chico que Emmanuel iria reencarnar em entrevista a Geraldo Lemos Neto.