Vídeo para assinantes - Assinar

A questão levantada pelo dr. Eric Ávila neste estudo encontra respostas distintas. Para as religiões, não resta dúvida a respeito dos benefícios da oração. Orar traz impactos positivos seja quando feita para si próprio ou em intenção de outra pessoa. Porém, a ciência não é conclusiva. Essa contraposição é exposta na palestra. Ela foi realizada em outubro, na 36ª Semana de Psiquiatria e Espiritismo. O encontro é realizado pela Associação Médico-Espírita de Minas Gerais (Amemg).

Estudos recentes demonstram que tanto médicos quanto pacientes acreditam que a prece gera bem-estar psicológico. Mas, em busca de efeitos mensuráveis, poucas pesquisas trazem evidências. Analisar o fenômeno impõe desafios metodológicos.

De toda forma, Eric Ávila apresenta as lições do mundo espiritual, tão mais avançado no conhecimento das interações entre corpo e mente. Ele cita obras como O Livro dos Espíritos e O Céu e o Inferno, codificadas por Allan Kardec. Nelas, os espíritos atestam a eficácia da prece, se feita com qualidade. É o canal de comunicação mais proveitoso com as esferas superiores.

Continuar lendo

Mais Episódios