Vídeo para assinantes - Assinar

O interesse por espiritualidade nas escolas de medicina é cada vez mais perceptível. Nunca se pesquisou tanto sobre o tema. E jamais se publicou tantos artigos em revistas científicas de relevo. O dr. Leandro Franco apresenta dados que sustentam essas constatações. A apresentação ocorreu na 36ª Semana de Psiquiatria e Espiritismo. O encontro é promovido pela Associação Médico-Espírita de Minas Gerais (Amemg).

O neurologista reconhece que ainda é difícil obter espaço, financiamento e divulgação. No entanto, a área que correlaciona espiritualidade e saúde vem crescendo. Isso porque há evidências sobre a importância da religiosidade genuína na prevenção de doenças e no tratamento. Além disso, um paciente com prática religiosa demanda menos recursos clínicos quando internado.

Os pacientes desejam a abordagem médica sobre o tema. Esse é outro ponto favorável ao exame da espiritualidade pela ciência é. Pesquisas apontam que eles gostariam que os profissionais de saúde dialogassem sobre a religiosidade que professam. Contudo, médicos e enfermeiros ainda não se veem preparados.

Continuar lendo

Mais Episódios