Assistir o trailer Vídeo para assinantes - Assinar

MEDITAÇÃO – EVIDÊNCIAS CIENTIFICAS E REPERCUSSÕES NA SAÚDE

Dr. Ricardo Gruppioni faz uma revisão científica sobre os impactos da meditação na saúde. São pesquisas científicas com métodos quantitativos rigorosos. E há resultados surpreendentes. O estudo foi apresentado na 36ª Semana de Psiquiatria e Espiritismo. O encontro da Associação Médico-Espírita de Minas Gerais (Amemg) ocorreu em outubro.

A meditação é uma prática milenar e amplamente difundida no oriente. No ocidente, contudo, tem inserção recente e restrita. Ela traz o desafio de silenciar a mente, controlar a respiração e observar os próprios sentimentos. O médico homeopata descreve diversas modalidades.

E as evidências que apresenta são diversas. Meditar faz bem para o sistema cardiovascular, reduz o estresse e a ansiedade e aumenta a resistência à dor. Um estudo chegou a verificar alterações anatômicas no cérebro. Contudo, os impactos positivos só são verificáveis em praticantes frequentes e de longo período.

A espiritualidade assegura os bons frutos da prece meditativa. O hábito amplia a percepção do universo e de como nos inserimos nele. Além disso, aprimora a sensibilidade em relação às esferas superiores.

Continuar lendo

Mais Episódios